O Verão pede saladas

Todos queremos refeições mais leves, frescas e, claro, fáceis de preparar, as saladas cumprem todos estes requisitos. As saladas podem ser uma excelente refeição, nutritiva e saciante mas como em tudo precisa de ser equilibrada. Vou deixar-vos algumas dicas de como criar uma ótima, equilibrada e deliciosa salada, e claro, que vos deixo também uma saborosa, rápida e fácil receita, para não terem a desculpa de falta de imaginação!

Diversidade – uma salada nutritiva não pode ser apenas composta por alface, tomate e cebola… A ingestão de uma boa variedade de vegetais é extremamente importante para a nossa, todos os alimentos têm as suas próprias características assim como diferentes nutrientes e vitaminas, quanto mais diversificada for a vossa alimentação maior a diversidade de nutrientes ingeridos. Brinquem com o vegetais, joguem com as texturas e as cores, vão conseguir não só tornar as vossas refeições mais apetecíveis como estimular o paladar e nutrir o vosso corpo.

Opções de vegetais: espinafres, alface (frisada, roxa, romana), courgete, couve roxa, beterraba, cenoura, tomate, pepino… estes são apenas alguns exemplos.

Dica: comecem a conhecer os mercados/praças mais próximos e inspirem-se, vão ter tanta variedade e boas opções que não será difícil sentirem-se inspirados! E lembrem-se, como eu digo sempre, um prato colorido é sempre uma refeição equilibrada!

Porção de Proteína – uma refeição equilibrada necessita de uma fonte de proteína. As proteínas são extremamente importantes para o crescimento e reprodução celular, conferem-nos energia e previnem picos de hiperglicemia uma vez que ajuda a manter constantes os valores de açúcar no sangue.

Importante: Escolham proteína de qualidade, se optarem por carne procurem a obtida a partir de animais criados em pastos e de forma sustentável, não sujeitos a elevadas administrações de antibióticos e hormonas que promovem um rápido crescimento. O peixe, sempre de captura, temos a oportunidade de ter peixe fresco facilmente ao nosso dispor, aproveitem! Peixe de aquacultura é alimentado à base de ração, sujeitos a diversos tratamentos e antibióticos de forma a minimizar o risco de contraírem doenças.

As leguminosas são ótimas fontes de proteínas pelo que podem e devem ser uma excelente opção, especialmente se forem vegetarianos.

Opções de proteína: Novilho, frango do campo, peru, peixe, ovos (de galinhas criadas ao ar livre, de preferência dos agricultores locais), quinoa, feijão, grão, lentilhas.

Gordura Saturada – Sim… Gorduras Saturadas são definitivamente boas e essenciais para o nosso organismo. São extremamente importantes para o transporte e absorção de algumas vitaminas como a A, D, E e K, fazem parte da estrutura das nossas células e hormonas e ainda ajudam a reduzir níveis de colesterol. Mas como em tudo é preciso que exista um equilíbrio no seu consumo e claro que provenham de fontes de qualidade.

Boas opções de Gordura Saturada: Frutos secos, Óleo de coco, sementes como as de linhaça e chia, manteiga (não margarina!), azeite.

Tempero – Podem continuar a ser criativos nesta fase final da preparação da vossa salada! Azeite e vinagre são apenas a forma mais tradicional de tempero. Experimentem variar, as vossas saladas podem ganhar muito mais interesse e sabor com apenas outras opções de tempero. Podem escolher entre molho pesto, de coentros, tahini, limão ou laranja, vinagre balsâmico ou de sidra… as opções são inúmeras é só escolher! Mas por favor criem o vosso próprio molho, evitem as opções que existem nos supermercados (o que inclui maioneses, molhos para saladas como Caesar ou Molho Grego) estes possuem elevadas quantidades de conservantes, açúcar e óleos processados, tornando-os definitivamente más opções!

Não precisam de muito para criar uma ótima e nutritiva refeição, tudo é uma questão de escolha… escolham o melhor para vocês… o vosso corpo e mente vão agradecer!

Bons Cozinhados!

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *